quarta-feira, 26 de novembro de 2008

terça-feira, 25 de novembro de 2008

How to play...

That is a great try, brilliant retention and compossure.

video

Para ver com atenção, não é só mais um ensaio.
É o verdadeiro espirito do Rugby que está presente.
Um esforço colectivo do principio ao fim.

VER PARA APRENDER A FAZER!

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Taça de Portugal

Sábado 8 de Novembro, 15H
Estádio Nacional (B)

Rugby da Linha – Associação Académica de Tomar

Pode-se dizer que à Associação Académica de Tomar saiu uma das “favas”, pois o sorteio não foi favorável aos Tomarenses, não é que tivesse a Associação Académica de Tomar grandes pretensões nesta prova mas haveria concerteza alguns adversários, que poderiam deixar pensar que podia a equipa Tomarense passar á eliminatória seguinte. Não há vitórias nem derrotas antecipadas pois porque dentro de campo são 15 contra 15, mas é sabido das diferenças entre as duas equipas. Sábado é um daqueles dias que temos que dar tudo o que temos e aproveitar, igualmente para fortalecer o nosso espírito e jogar minuto a minuto sem pensar que não somos capazes de fazer coisas bonitas. Vamos a Lisboa jogar com o Rugby da Linha com muito espírito e “crença”, num jogo que será mais um para ajudar a fortalecer e a crescer a nossa vontade para que a prática do Rugby seja daqui a algum tempo uma referência para os jovens de Tomar. Que sábado seja para todos um dia divertido, e se houvesse Taça não deixava de ser engraçado!

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Sem árbitro é "difícil"

R.C. Santarém 42 – Associação Académica de Tomar 00

Sem árbitro é "difícil"

Pela terceira vez consecutiva o jogo entre a Associação Académica de Tomar e o Rugby Clube de Santarém foi realizado sem árbitro Oficial, o que por sua vez tendo em conta que é sempre um jogo que para todos os efeitos é entre dois “vizinhos”, é complicado gerir as emoções de ambas as equipas.
Teoricamente não se põe em dúvida que a equipa de Santarém é mais forte que a de Tomar, as razões podem ser jogar juntos há algum tempo e mais experiência competitiva, igualmente também não se pode dizer que a Associação Académica de Tomar perdeu o jogo porque o árbitro era de Santarém e fez o seu melhor, mas para todos os efeitos este foi o melhor resultado que a Associação Académica de Tomar consegui perante os Scalabitanos, isto porque há muitas melhoras da época passada para esta, nota-se evolução, mais espírito de entrega e começa-se a saber o que se faz dentro de campo. Falar o do jogo não é muito fácil, o que se sabia é que ambas as equipas partiam para este jogo em igualdade pontual o que por sua vez diz por si só que iria ser um jogo de emoções altas. O jogo começou naturalmente “rijo” onde ambas as equipas se tentaram estudar mutuamente, jogo muito equilibrado tanto de avançados como das linhas atrasadas, como a jogar o Santarém estava com dificuldades em entrar surgiu o primeiro golpe de “teatro”, uma escaramuça provocada por um jogador de Santarém que agrediu um de Tomar, e o expulso foi o de Tomar. Posto isso o jogo ficou á partida estragado, pois esta não foi a primeira vez que este “golpe” foi utilizado, a diferença é que desta vez os homens de Tomar não se amedrontaram e tentaram sempre jogar limpo algo que é timbre desta equipa, naturalmente os ensaios foram surgindo num jogo que tem pouco para dizer, sempre muito quezilento, onde mesmo assim se viram coisas bonitas, a linha atrasada de Tomar nota-se está em evolução já saíram a jogar por diversas vezes, e nas touches principalmente na primeira parte, foram 80% ganhas pelos Tomarenses. Resta agora saber se na segunda volta no jogo em Tomar irá haver árbitro, pois Só aí e que se poderá avaliar de uma forma justa se a Associação Académica de Tomar tem ou não argumentos para levar de vencidos os homens de Santarém.